Ainda parece que foi ontem que provei o chá de hortelã com sabor a hortelã na Tunísia e como não aprendo à primeira, vou parar a uma ilha lindíssima.
Las Palmas é… como devo dizer… próximo do paraíso. Não está lá, mas vai a caminho.
Para os entendidos sabem do que estou a falar.
Um clima sempre no mesmo nível de calor, quer chova, quer faça sol. Sim, porque lá poderíamos estar a desfrutar da linda praia da ilha (uma das 100 melhores do mundo. Não sou eu que o digo… li algures)e depois aparecer uma grande chuvada; mas o calor mantem-se.
As ruas, de uma limpeza que só mesmo dos espanhóis (para quem não sabe, esta ilha é espanhola e fica próximo da Madeira).

A parte história, parece que estamos num mundo aparte. Apalpando as ruas vai-se descobrindo cada coisa que não aparece nos mapas. E por falar das ruas, denote-se também as casas que dela fazem parte. Todas caiadas de cores quentes com varandas detalhadas em madeira (só mesmo dos espanhóis).
Durante a tarde desfruta-se de uma ainda da praia, onde a areia é puro algodão. Onde os peixitos andam à nossa volta (se eu tivesse levado a cana…). O menos agradável é ver quando a maré sobe. Aí a praia é dos surfitas e das suas ondas.
No fim do dia dá para apreciar o por do sol a no horizonte do oceano. Também aqui o céu é caído entre as cores quentes e frias da noite.

Já agora:
Sabiam que:
-“Torrada” é uma cerveja. Podem ver a minha admiração quando pedi uma torrada pela manhã para o meu famoso pequeno-almoço e o empregado traz-me uma “lambreta” (em Castelo Branco é como o meu avô a define). O sr. pelos vistos também não achou estranho, pois pedi com a “torrada” um galão e… pelos visto o que lhe interessava era ganhar um dinheirito, fosse o pedido qual fosse.
– Os bois (animais e não pessoas, denote-se) compartilham o espaço fraterno entre as pessoas em dias de festa.
– As meninas de lá são grandes meninas. Melhor… são meninas bem gorditas. Como se diz de encher o olho. Aliás eu até fiz uma teoria. Elas devem ser tão gordas porque como a ilha é tão pequena, não devem de andar muito.

Curto-circuito Cerebral:
Todos os dias deveríamos pintar um quadro…
Este seria o quadro das nossas vidas

É capaz de valer a pena pensar nisto, não???

2 thoughts on “De palmo a palmo se vai a…Las palmas, Grand Canária

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s